[ em processo ]

Artistas em cena constroem um espetáculo de 50 minutos entre imagens e sonoridades, trazendo uma reflexão sobre conflitos da humanidade no mundo contemporâneo.

A performance é criada a partir de uma reflexão:

a humanidade, após construir a civilização, destrói a imagem de Deus.

O espetáculo vem questionar a sociedade contemporânea e os seus conflitos. Uma civilização individualizada, onde o mundo vive uma extrema mudança de comportamento. A medida que os choques de valores, embates sobre a moral, religião e modos de existência acontecem, vemos o sujeito imerso em incertezas e desolação, mas com a busca e a esperança numa sociedade que o conforte e celebre a vida.

ficha
técnica

Concepção e Direção: João Marcello Pallottino
Criação e Dramaturgia: BAK Artes Performartivas
Iluminação: Gleydson Lopes
Cenografia e Figurino: BAK Artes Performartivas
Direção Musical (banda): Luiz Caetano
Elenco: Clara Hernandes, Derek Rosma, Douglas Desimone, Evelyn Rocha, Enildo Dellattore, Isabela Vicarpi, Karina Lisboa, Kaú Carvalho, Lucas Schulz, Mariana da Costa
Músicos: Luiz Caetano, Marcos Silva
Cenotécnica: Derek Rosma, Enildo Dellattorre
Contraregras: Juan Patrick, Matheus Zaidan
Operação de Som e Projeção: Lucas Queiroz
Operação de Iluminação: Desirre Koppke
Eletricista: Henrique Silva
Operação e Logística: José Almeida
Marketing e Mídias Digitais: Douglas Desimone, Isabela Vicarpi, Karina Lisboa e Lígia Fontes
Design Gráfico: Douglas Desimone
Fotos Campanha: Luke Garcia
Fotos de cena: João Ramirez

Operação de Câmera: Laura de Carvalho
Direção de Tecnologia: Fábio Viegas dos Reis
Equipe de Transmissão: Diogo Santos, Lucas Henrique, Luiz Carlos Rocha
Produção: Larissa Santos, Mariana da Costa
Assistência de Produção: Alexandre Frauches
Assistência de Direção: Thaís Sena, Marcus Sylvestre

Realização:
BAK Artes Performativas e Escola de Artes Celso Lisboa

LOGO%20BAK%20FUNDO%20TRANSPARENTE_edited
logo_escolaartes_fundobranco.png